Skip to content

5 livros + 5 filmes essenciais de moda

9 setembro, 2008

É muito difícil escolher apenas alguns títulos sem conhecer a pessoa e nem saber que tipo de repertório ela tem. Mas pedido por e-mail é sagrado… então aí estão alguns classicões.

Livros

* The Letter Book – Anne-Laure Quilleriet (Assouline)
Na onda do dia, a jaqueta de couro é tema central deste delicioso livro, com mais de 400 páginas ilustradas e muitas histórias e ícones., a jaqueta de couro é tema central deste delicioso livro, com mais de 400 páginas ilustradas e muitas histórias e ícones.

* Moda – O séculos dos estilistas – Charlott Seeling
Enciclopédia básica e muito objetiva que relaciona a moda com o que tá rolando no mundo na época. Com textos gostosos e imagens gigantes.

* Roland Barthes inéditos vol.3 – imagem e moda
Reflexões de primeira sobre a moda culta. Barthes foi o primeiro acadêmico de renome internacional a escrever sobre moda, mudando o status do assunto que de fútil passou a nobre. Um dos meus favoritos é da Jóia a Bijuteria. Um livro pra ter e voltar nele de tempos em tempos.

*Talking to Myself by Yohji Yamamoto
Um dos livros mais lindos da minha estante. Bege, com folhas duplas (tipo circular) ele é muito minimalista e tem desenhos, croquis e fotos de todas as coleções do estilista japonês. Textos em inglês e japonês.

*Dressed – A century of Hollywood Costume Designer
Referencia de ícones do cinema e como eles adaptaram as tendências da hora. Imagens deslumbrantes que dá vontade de ver assistindo aos filmes.

Filmes

Moral em concordata

* Notebooks on clothes and citys (Caderno de notas sobre roupas e cidades), de 1989 dirigido por Wim Wenders.
Yohji Yamamoto fala do mundo e do seu trabalho neste poético e revelador documentário – que apesar de ter sido filmado há quase 20 anos ainda é um dos mais belos.

* O Leopardo (Il Gattopardo, 1963)
Dom Fabrizio Salina (Burt Lancaster) é um nobre príncipe que testemunha a decadência da nobreza e a ascensão da burguesia durante a Itália do ano de 1860. O filme de Luchino Visconti é uma obra prima também do figurino de Piero Tosi, um mestre que também assinou Morte em Veneza

* The women, (George Cukor, 1939)
Eu amo este filme. É o mais chic. É tudo sobre homem. Mas só tem mulheres, não aparece nenhum homem, em nenhuma cena, nunca. E elas são muiiito divertidas e muito elegantes. As roupas – a maioria tailler – tem um q de surrealismo… mas não vou estragar contando mais. Ah, e não percam o desfile de moda. O primeiro colorido do cinema. Tom Ford ama. Figurino de Adrian.

* Bela da Tarde (Luis Bunel, 1967)
Impossível uma pessoa morar em Paris e não ter assistido este filmao com Catherine Deneuve vestida por YSL. Obra prima do figurino de classe e fetiche. Presta atenção em todos os detalhes, inclusive no sapatinho que ela usa pra ir ‘trabalhar’ a tarde… na cena que ela está subindo a escada pela primeira vez.

* Moral em concordata (Fernando De Barros, 1959)
Não pode faltar um filminho brasileiro. Este é do diretor que mais tarde se transformaria no primeiro e mais importante jornalista de moda masculina do Brasil, o português Fernando de Barros. Ele foi o primeiro a levar estilistas brasileiros para o cinema, neste caso, Denner, que se encarregou do figurino de Odete Lara e Maria Della Costa.

Alexandra Farah para ig
No comments yet

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: