Skip to content

Vamos falar de música Glam rock carnavalesco

13 fevereiro, 2009

Você pode facilmente identificar o grau de sucesso de uma banda quando ela muda o seu visual e suas turnês deixam de ser apenas shows para ser tornarem espetáculos.

Poderia citar varios nomes e fazer infinitas comparações. Mas falarei de uma banda específica, The Killers e seu novo clip Spaceman.

The Killers era uma banda indie, da super safra de bandas indies que invadiram o mundo no início da década. Mas eles cresceram, moldaram o seu estilo e o Killers deixou ser apenas uma banda indie, para levantar a bandeira de A Banda Indie. Das garagens do Las Vegas para o mundo e em grande estilo. Das jaquetas de couros para casacos com penas nos ombros e lapis preto para marcar os olhos.

The Killers agora é glam. Glam rock carnavalesco, mas ainda mantendo a sonoridade dos anos 80.  Mesmo parecendo um range vermelho,um pouco desconfortável dentro de uma armadura vermelha , Brandon Flowers, o vocalista da banda, transpira estilo e  desfila em sua festa surreal como o rockstar que é e merece ser.

O novo clip do The Killers é um culto ao glam. Uma releitura do visual do Queen de Freddie Mercury em 1984 em It’s a Hard Life. E o clip de Spaceman deixa claro que Brandon Flowers e sua trupe bebem da ága do antigo Queen. Seja na fase de bigodes e jeans justo e da jaqueta de couro, seja na fase mais colorida, cheias de penas e cortes futuristas.

Gosto que a liberdade do rock n’ roll dá ao homens. Eles usam maquiagem,   roupas bem ornadas, cores e abusam da extravagância sem que isso  afete a sua sexualidade.

A moda masculina é muito neutra. Tudo muito clean, sem  novidades. Poucos são os rapazes que ousam no visual e brincam com o look, usando chapéus ou tênis mais coloridos. Poucos são os  que investam em peças diferente.

Houve uma épocas na história, em que a indumentária masculina era bem mais rebuscada que a feminia. A praticidade e   a correria da vida moderna deixou tudo tão sem graça e careta! Que  quando suge um Bowie, um  Mercury ou Flower o mundo todo pára para olhar.

One Comment leave one →
  1. Eveline permalink
    23 fevereiro, 2009 4:18 am

    Essa limitação da liberdade de imagem masculina bem deveria ser mais questionada… no entanto, algumas ousadias visuais combinam realmente bem mais no meio artístico do que no dia-a-dia, até por questões de praticidade…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: