Skip to content

NYFW: (des)equlíbrio constante

20 fevereiro, 2009


Desfile de Brian Reyes

Escorregões na passarela, tropeço e desequilíbrio aqui ou ali, são comuns durante os desfiles. Todos já estamos (quase) acostumados com a situação.
No domingo (15/02), no desfile do estilista Hervé Léger, duas modelos   escorregaram na passarela: a polonesa Monica ‘Jac’ Jagaciak e a alemã Karolin Wolter, promessas do Models e do Style. O motivo das quedas foi a pista escorregadia madeira.
“Eu não ligo. Vai ser ridículo se as pessoas falarem sobre as quedas em vez das roupas”, diz o estilista Max Azria.


Desfile de Hervé Léger que aconteceu no domingo

Quedas são tão comuns nas passarelas. Mas sempre acabam recebendo algum desta que, por mais ridículo que possaparecer, como disse Azria. E às vezes podem chamar tanta atenção quanto o produto.

Esse foi o caso do desfile do estilista Brian Reyes, que aconteceu ontem.  Reyes apresentou roupas inegavelmente bonitas, glamourosa e sexy com estampas personalizadas inspirados pelo mármore. Porém, os sapatos Manolo Blahnik, que o estilista apresentou junto da sua coleção foram um assunto á parte. Algumas modelos se desequilibram e desistiram imediatamente de usá-lo antes que fossem ao chão e ao fim do desfile, todas elas estavam descalças. Algo inédito!

Quedas e escorregões podem parecer banais. Mas  se lembrarmos da modelo Lara Stone que machucou seriamente pé por causa dos saltos que usou no desfile da Rodarte na temporada passada.

Não ligar para as quedas é desrespeitar as modelos. Elas não são simples cabides, como muita gente pensa. São profissionais que merecem tanto respeito quanto o criador da peça que estão desfilando.

Veja o video.

[imagens:fashionologie]
2 Comentários leave one →
  1. permalink
    20 fevereiro, 2009 11:38 pm

    puxa é mesmo! ninguém liga. Lara Stone é uma grande promessa do mundo da moda e quase ficou fora. mais o assunto do dia foi os tompos.

  2. 19 março, 2010 8:24 pm

    Não fico feliz por vê-las tombando, mas é bom pra que todos saibam que são humanas e não robôs. São ótimas e profissionais. Só achei que algumas não disfarçaram bem o rosto quando tombaram, deveriam demonstrar que:”sou humana, estou aqui, sou profissional e isto não me abala”. Boa matéria, adoro o mundo fashion, já fui modelo de passarela e foi ótimo, Um abraço à todos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: