Skip to content

Elke Maravilha

15 novembro, 2009

Elke_Maravilha

Elke Maravilha é nome artístico da personagem que Elke Giorgierena Grunnupp Evremides interpreta há mais de 35 anos. Na verdade, Elke Giorgierena é nome da personagem que Elke Maravilha interpretaria se ela se limitasse a ser uma pessoa comum, com pontos de vista e atitudes comuns.Mas Elke é uma mulher transgressora,m excêntrica e irreverente.

Não é um personagem?
Não, eu sempre fui assim. Não sei ser de outro jeito. Tudo na minha vida, na minha carreira foi acontecendo. Não escolhi nada, fui escolhida. Não programei nada e até hoje ainda não sei o que quero ser quando crescer.”*

Modelo, atriz e cantora, filha de pai russo e mãe alemã, Elke Maravilha veio para o Brasil em 1951. Foi naturalizada brasileira, mas perdeu sua cidadania após se manifestar contra a ditadura militar, tornando-se apátrida. Começou a sua carreira de modelo aos 24 anos, desfilando no Golden Room do Copacabana Palace para a grife de Guilherme Guimarães. A partir daí, Elke desfilou para importantes estilistas como Zuzu Angel, de quem se tornou amiga e Clodovil  Hernandes.

Ela também é cantora, fez trabalhos para a o cinema e participou de programas de televisão, como jurada de calouros nos programas de Chacrinha e de Silvo Santos.

Foi o colunista social Daniel Más que lhe batizou com o nome artístico “Elke Maravilha”, graças ao seu estilo peculiar, sempre vestida com roupas coloridas, longas botas, perucas e maquiagem forte.

Elke é uma figura única e fantástica. Ela vive o que ela acredita, porque sabe que o grande truque está em viver a própria arte. “Perguntam-me como criei este estilo, este visual que me caracteriza. Digo que sempre busquei compor este jeito, claro que não era assim como agora, pois hoje a coisa é mais abrangente, com o tempo venho me descobrindo muito mais por dentro e colocando o que descubro para fora. Costumo dizer que sempre fui assim, só que com o tempo estou piorando! Na realidade, sempre fui um trem meio diferente, sabe? (…)Eu nunca quis agredir ninguém! O que eu quero é brincar, me mostrar, me comunicar”.

“… aos poucos fui me impondo, mesmo como manequim. No início fazia um pouco o jogo, porque também sei ser chique: fazer um cabelo convencional, uma maquiagem leve, etc. Mas aquilo para mim era fantasiar-me. Eu não sou aquilo! E o legal é que os próprios costureiros começaram a entrar no meu barato, entender o meu estilo e proposta estética e fazer roupas especiais para eu desfilar.”**

ELKE_ANOIVADACIDADE

ElkeMaravilha

ElkeMaravilha2

ElkeMaravilha3

“Um dia (por volta dos 18 anos) eu acordei de manhã, fui no meu armário e vi que só usava preto. Eu pensei: “Nada disso”. Peguei uma calça e rasguei toda, botei uma meia roxa, enchi a cara de batom, desgrenhei o cabelo e fui para a rua. Levei porrada (de pessoas que se incomodaram com sua aparência). Meu dente entrou pelo lábio, tenho a marca até hoje. Fui parar no (hospital) Miguel Couto. Mas pior foi tomar cuspida na cara, como aconteceu em Ipanema. É difícil ser a primeira, a ousar, a usar esse visual. Atualmente não assusto mais, mas tem gente que acha que sou travesti. Agrado as minorias. Inclusive sou madrinha dos presidiários.” *

ELKE_MARAVILHA

ELKE_CLODOVIL

ELKE1

0,,21264597-EXH,00

MARAVILHAELKE

*Citações e imagens:
*Revista ISTO É Gente, Ed. 363
**http://www.elkemaravilha.com.br
Ego
Anúncios
5 Comentários leave one →
  1. 16 novembro, 2009 5:08 pm

    Adorei o post,Mônica!Elke é um assunto óóótimo!

    bjs!

  2. 18 novembro, 2009 1:23 pm

    aaaaah primeiro vim agradecer seu comentário amei e obrigada, segundo a Elke é musa , essa sim tem a alma livre, por que gostar de coisas diferentes incomodam as pessoas, a unanimidade é um tédio, eu queria muito que as pessoas daqui entendessem que vc é livre pra gostar do que quiser , por que é tão dificil? acho tudo muito fake em relação a ousadia limitada das pessoas daqui eu fico azul de enjoo quando vejo os blogs que escrevem sobre moda , no final são um bando de vendidos e só postam coisas por que acham que é novidade . adorei seu post sobre a Elke, é bem merecido acho ela belissima! e Obrigada de novo fico feliz que temos afinidades beijos

  3. A. Hurtado permalink
    27 julho, 2010 6:05 pm

    Adoro esta mulher! Tenho feito retratos dela em arte computacional. Quero mandá-los para ela. Preciso de seu e-mail. Por favor, consigam-me isso! Abraço, Asteca

  4. 24 junho, 2012 9:21 pm

    Tenho ela como inspiração \o

  5. 30 julho, 2014 2:25 pm

    Nenhum outro nome poderia acompanhar Elke além de maravilha. Ela fez de um tudo: foi amiga de Zuzu Angel, protagonizou um filme de Humberto Mauro, assomou sua alegria ao programa de Chacrinha e tornou-se porta-voz de algumas minorias tão maravilhosas em suas transgressões bem humanas. Suas palavras e atos são cheios de importancia e ela tem uma vivência cheia de lutas contra arrogâncias e supremacias. Viva Elke!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: