Skip to content

Moda, indústrias, tendências, identidade e estilo

14 maio, 2010

Moda e identidade sempre caminharam juntas.

Identidade
i.den.ti.da.de
sf (lat identitate)
Dir Conjunto dos caracteres próprios de uma pessoa, tais como nome, profissão, sexo, impressões digitais, defeitos físicos etc., o qual é considerado exclusivo dela e, conseqüentemente, considerado, quando ela precisa ser reconhecida. I. pessoal: consciência que uma pessoa tem de si mesma.

A camiseta que você escolheu esta manhã diz alguma coisa sobre você. Pode trazer o rosto do cara daquela banda que tocam aquelas músicas incríveis que marcaram a sua adolescência. Ou pode trazer uma frase de efeito que signifique algo para quem lê, da mesma maneira que pode não significar nada para ninguém, até mesmo para você que só a vestiu porque achar a cor linda e se sente bem com ela. Independente do motivo que lhe fez vestir a camiseta, ela está dizendo algo sobre o seu estilo.

Do outro lado da cidade, do estado ou do planeta pode ter alguém com uma camiseta igual a sua. A essência não a mesma. Essa pessoa pode estar passando uma imagem de protesto ou desfilando a última tendência do mercado de camisetas. A composição do look é outra e a postura também. Talvez ela (ou até você) nem tenha tido a idéia de “compor um look”.

São pessoas diferentes em seus estilos, intenções, identidades e histórias. Não importa se aquela camiseta foi comprada em um brechó ou é a última tendência em algum editorial, ou se está em destaque com alguma “it girl” no lookbook, compondo o já tradicional uniforme delas, com um shortinho jeans, meia calça desfiada, jaqueta e Doc Martens. Nem você, nem a pessoas que tem uma camiseta igual a sua e nem a garota do lookbook se portarão do mesmo do jeito. E embora a estampa seja a mesma, a camiseta parecerá uma peça completamente diferente nos três corpos, por que cada um tem um estilo próprio.

estilo
es.ti.lo1
Modo de vida; procedimento, atitude, maneira de ser/ Uso, costume, hábito, modo: vestir segundo o estilo da época.

“A maioria das pessoas procuram uma roupa para vestir sem se importar sobre quais são as tendências vigentes.” Para muita gente, ouvir falar em tendências lhes faz pensar um exército uniformizado, desfilando as mesmas roupas e sapatos e penteados. Quem está de fora parece não se enquadrar.
Mas ao contrário do que se pensa, as tendências são um reflexo do interesse social. Elas são obtidas através de pesquisas de consumo. (direta ou indiretamente) A moda sempre foi feita assim, de fora para dentro. Ou seja, das ruas para as passarelas e revistas e de volta para as ruas.

tendência
ten.dên.cia
sf (lat tendentia)
1 Disposição natural e instintiva; pendor, propensão, inclinação, vocação.
Psicologia Diz-se para designar certos instintos, certos impulsos do homem, especialmente na medida em que esses instintos ou impulsos são conscientemente experimentados no comportamento que determinam.


Novas tendências são captadas pelas parabólicas de quem trabalha com design. Na moda, esses artistas são os estilistas – não só os de roupa, mas de tecidos, cores e acessórios.

Na indústria, as tendências são extremamente importantes. São elas que unificam as vitrinas, compras e coleções. Se não houvesse tendências, os diversos itens lançados não se combinariam, confundindo toda a cadeia de moda e em especial os consumidores.”*

indústria
in.dús.tria
sf (lat industria)
/ Conjunto das atividades, dos ofícios que produzem riquezas pela manipulação das matérias-primas./
I. de transformação, Econ: setor da produção industrial voltado para a transformação de matérias-primas em bens.

A indústria é o mercado. E o mercado precisa manter as suas pernas fortes, sustentar-se; precisa que as tendências sejam consumidas. Até quando dizem não há mais uma tendências, elas estão lá, camufladas em xadrez, peles, paetês dd algumas ‘tribos’ e logo estarão nas ruas.

Porém, ditando ou cantando o que está em voga, o mercado não tira o que há de mais encantador na moda, a identidade de cada indivíduo e o direito de  vestir aqui o que gosta e lhe cai bem.

“Com a informação e os desejos do mundo moderno, as pessoas saem às ruas não para comprar roupas ou calçados, mas para comprar estilo de vida e atitude. Elas querem decifrar de que maneira aqueles produtos podem estar relacionados à sua vida. Para isso, as marcas não podem mais meramente vender objetos. Elas precisam se reinventar e oferecer relacionamentos“. (Giovanni Sartori) **

mo.da
sf (fr mode)
1 Uso corrente. 2 Forma atual do vestuário. 3 Fantasia, gosto ou maneira como cada um faz as coisas.6 Sociol Variações contínuas de pouca duração que ocorrem na forma de certos elementos culturais (indumentária, habitação, fala, recreação etc.)./Estar na moda, estar em voga, ser geralmente usado. // Passar da moda, deixar de ser imitado, deixar de estar no gosto atual.

Existe um sistema que faz a moda girar, acontecer. Um sistema que dita tendências, mas que não impõe estilo de cada um. “Se o mercado estivesse livre de tendências, como consumiríamos moda?”***

Talvez continuássemos vivendo como no tempo que as pessoas se vestiam só para se proteger ou de acordo com suas classes sócias. Mesmo assim, como naquele tempo, procuraríamos um adorno ou outros,acessórios para nos diferenciar dos demais. Afinal, o estilo é o que nos distinge dos outros. Sempre procuramos uma maneira nova de ‘confessar’ as nossa identidadeMesmo que ela não seja absolutamente exclusiva, ela terá um jeito só nosso.

É exatamente aí que se pode perceber o lado democrático da moda. Ela não é ditadora se você não se tornar uma vítima dela.

[imagens:reprodução]

Fontes:
*Tendência de moda – Como entendê-las : Jornal Diário Catarinense suplemento de domingo Donna DC. 15 de junho de 2008. p. 17
**OLIVEIROS, Ricardo – As tendências na moda morreram? – Fora de Moda
***A indústria da moda não quer que você tenha um estilo próprio

Moda e identidade sempre caminharam juntas.

Identidade

i.den.ti.da.de

sf (lat identitate)

Dir Conjunto dos caracteres próprios de uma pessoa, tais como nome, profissão, sexo, impressões digitais, defeitos físicos etc., o qual é considerado exclusivo dela e, conseqüentemente, considerado, quando ela precisa ser reconhecida. I. pessoal: consciência que uma pessoa tem de si mesma.

A camiseta que você escolheu esta manhã diz alguma coisa sobre você. Pode trazer o rosto do cara daquela banda que tocam aquelas músicas incríveis que marcaram a sua adolescência. Ou pode trazer uma frase de efeito que signifique algo para quem lê, da mesma maneira que pode não significar nada para ninguém, até mesmo para você que só a vestiu porque achar a cor linda e se sente bem com ela. Independente do motivo que lhe fez vestir a camiseta, ela está dizendo algo sobre o seu estilo.

Do outro lado da cidade, do estado ou do planeta pode ter alguém com uma camiseta igual a sua. A essência não a mesma. Essa pessoa pode estar passando uma imagem de protesto ou desfilando a última tendência do mercado de camisetas. A composição do look é outra e a postura também. Talvez ela (ou até você) nem tenha tido a idéia de “compor um look”.

São pessoas diferentes em seus estilos, intenções, identidades e histórias. Não importa se aquela camiseta foi comprada em um brechó ou é a última tendência em algum editorial, ou se está em destaque com alguma “it girl” no lookbook, compondo o já tradicional uniforme delas, com um shortinho jeans, meia calça desfiada, jaqueta e Doc Martens. Nem você, nem a pessoas que tem uma camiseta igual a sua e nem a garota do lookbook se portarão do mesmo do jeito. E embora a estampa seja a mesma, a camiseta parecerá uma peça completamente diferente nos três corpos, por que cada um tem um estilo próprio.

estilo

es.ti.lo1

Modo de vida; procedimento, atitude, maneira de ser/ Uso, costume, hábito, modo: vestir segundo o estilo da época.

“A maioria das pessoas procuram uma roupa para vestir sem se importar sobre quais são as tendências vigentes.” Para muita gente, ouvir falar em tendências lhes faz pensar um exército uniformizado, desfilando as mesmas roupas e sapatos e penteados. Quem está de fora parece não se enquadrar.

Mas ao contrário do que se pensa, as tendências são um reflexo do interesse social. Elas são obtidas através de pesquisas de consumo. (direta ou indiretamente) A moda sempre foi feita assim, de fora para dentro. Ou seja, das ruas para as passarelas e revistas e de volta para as ruas.

tendência

ten.dên.cia

sf (lat tendentia)

1 Disposição natural e instintiva; pendor, propensão, inclinação, vocação.

Psicologia Diz-se para designar certos instintos, certos impulsos do homem, especialmente na medida em que esses instintos ou impulsos são conscientemente experimentados no comportamento que determinam.

“Novas tendências são captadas pelas parabólicas de quem trabalha com design. Na moda, esses artistas são os estilistas – não só os de roupa, mas de tecidos, cores e acessórios.

Na indústria, as tendências são extremamente importantes. São elas que unificam as vitrinas, compras e coleções. Se não houvesse tendências, os diversos itens lançados não se combinariam, confundindo toda a cadeia de moda e em especial os consumidores.”**

indústria

in.dús.tria

sf (lat industria)

/ Conjunto das atividades, dos ofícios que produzem riquezas pela manipulação das matérias-primas./

I. de transformação, Econ: setor da produção industrial voltado para a transformação de matérias-primas em bens.

A indústria é o mercado. E o mercado precisa manter as suas pernas fortes, sustentar-se; precisa que as tendências sejam consumidas. Até quando dizem não há mais uma tendências, elas estão lá, camufladas em xadrez, peles, paetês dd algumas ‘tribos’ e logo estarão nas ruas.

Porém, ditando ou cantando o que está em voga, o mercado não tira o que há de mais encantador na moda, a identidade de cada indivíduo de vestir aqui o que gosta e lhe cai bem.

“Com a informação e os desejos do mundo moderno, as pessoas saem às ruas não para comprar roupas ou calçados, mas para comprar estilo de vida e atitude. Elas querem decifrar de que maneira aqueles produtos podem estar relacionados à sua vida. Para isso, as marcas não podem mais meramente vender objetos. Elas precisam se reinventar e oferecer relacionamentos“. (Giovanni Sartori) ***

mo.da

sf (fr mode) 1 Uso corrente. 2 Forma atual do vestuário. 3 Fantasia, gosto ou maneira como cada um faz as coisas.6 Sociol Variações contínuas de pouca duração que ocorrem na forma de certos elementos culturais (indumentária, habitação, fala, recreação etc.)./Estar na moda, estar em voga, ser geralmente usado. // Passar da moda, deixar de ser imitado, deixar de estar no gosto atual.

Existe um sistema que faz a moda girar, acontecer. Um sistema que dita tendências, mas que não impõe estilo de cada um. “Se o mercado estivesse livre de tendências, como consumiríamos moda?”

moda

Talvez continuássemos vivendo como no tempo que as pessoas se vestiam só para se proteger ou de acordo com suas classes sócias. Mesmo assim, como naquele tempo, procuraríamos um adorno ou outros, para nos diferenciar no demais. Afinal o estilo está na maneira que temos de nos diferenciar dos outros, mesmo que ela não seja absolutamente exclusiva, ela terá um jeito só nosso.

É exatamente aí que se pode perceber o lado democrático da moda. Ela não é ditadora se você não se tornar uma vítima dela.

Anúncios
4 Comentários leave one →
  1. 20 maio, 2010 10:39 pm

    Oi Monica! Gostei muito do texto e do blog!
    Bjs

  2. Mayara permalink
    7 setembro, 2010 5:08 am

    Excelente texto! São informações e pessoas assim que deixam a internet mais rica!

  3. jojo permalink
    6 abril, 2011 3:16 am

    OI!! Seu texto é muito legal!!!

  4. 4 outubro, 2012 9:17 pm

    Ameiiii<3
    Até me ajudou numa pesquisa para aescola ;D

    Obg!
    Bjões!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: