Skip to content

Refletindo moda

24 julho, 2010

(…) Tendência não se compra. Quem faz tendência não compra esse tipo de informação. Esse tipo de informação é pra outra coisa, não para criar estilo. É um blefe, não tem valor. Ou você acha que a Prada compra tendência? A Prada faz. Quem vai atrás da tendência é porque não a produz, entende? Cada um tem que produzir o próprio trabalho.

(…)Essa história não quer dizer que o passado precisa ser levado para as passarelas. Vivemos no presente. Mas, temos que ter alguma história pra contar.
O passado pode ser um fardo. Ele pode minar a sua liberdade.

A moda precisa de tempo.

Franca Sozzani, editora da Vogue Itália

Moda é feita de muito trabalho, muito mesmo.

Um beijo pra quem acha que moda é fútil.

O bom desfile é o que não precisa de release: a roupa é boa ou não.

No Brasil acontece um fenômeno ainda mais louco. Supostamente “abrimos” globalmente estação. Só que daí o povo aqui não sabe se olha pro inverno internacional anterior, pro verão internacional anterior ou pro cruise. Cruzes.

disse, e insisto, que o consumidor final pouco liga se, no pós-desfile, o/a jornalista xis gostou ou não do desfile. E lembrando novamente que um bom desfile não significa uma boa coleção. Quem gosta da marca vai à loja e compra o que lhe agrada.

Erika Palomino, jornalista e consultora de moda

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: